Pular para as informações do produto
1 de 12

Tropical Diaspora

Cidades da Diáspora Vol.1 (São Paulo)

Cidades da Diáspora Vol.1 (São Paulo)

Preço normal R$ 91,00 BRL
Preço normal Preço promocional R$ 91,00 BRL
Promoção Esgotado
Tributos incluídos. Frete calculado no checkout.

A série DJ Edition de 7 polegadas ( 45 rpm, buraco grande)

 Lado A com Grupo Höröyá / Chico César / Clarianas • Todo Lugar É Sertão.

Höröyá recebe Chico César e Clarianas, dentro do projeto Pan Bras'Afree'ke. Participam também os músicos Adama Koeta e Barou Kouyate, do Mali. Gravado em São Paulo, Brasil e Bamako, Mali. Não é correcto escolher a herança e a criatividade de culturas oprimidas sem pensar nas repercussões. Isso é apropriação. Mas Höröya seguiu um caminho diferente. A banda paulista não imita o Afrobeat nem o Afrojazz. Faz um uso consciente deles. No contexto de segregação racial e de classe que molda a vida social brasileira, torna-se uma postura política. Seu líder, André Piruka, sabe muito bem o que significa ser afro-brasileiro hoje. Suas composições musicais, seu uso de instrumentos e ritmos africanos, mostram um profundo respeito e compreensão de uma tradição cultural que difere de certos estereótipos que ainda moldam a forma como o Brasil entende sua relação com a África, apesar de a África ter moldado dramaticamente a música brasileira. cultura durante séculos. A música criada pela diáspora africana no Brasil, e também em todo o mundo, tem sido o resultado de uma luta coletiva levada a cabo nas condições mais desumanas. A sua sobrevivência fala da resiliência de milhares de mulheres e homens no momento do seu extermínio. Qualquer uso, performance, retrabalho ou reinterpretação desta herança musical precisa ter isso em mente. Assim é com o Höröya, e muitas outras bandas do Brasil, que fazem uso do Afrobeat saindo das favelas da sua própria realidade.

Lado B com versão remasterizada de Grilos Da Vida (Nego Vem Sambá) de Regis Moreno.

Uma joia se foi. Após uma longa doença (António) Regis Moreno faleceu em São Paulo. Regis foi um dos maiores representantes do samba-rock, mistura musical de samba, funk e rock que passou a caracterizar uma época específica da música popular brasileira. Tendo surgido das periferias negras pobres da cidade, Regis pôde encher com sua banda Banda Jardes grandes salas de concerto na década de 1980. Nós da Tropical Diaspora Records tivemos o imenso privilégio de conhecer Regis e sua música em primeira mão. Publicamos em vinil a reedição do seu grande sucesso “Grilos da Vida” (hoje esgotado). “Grilos da Vida” é uma música que representa como poucas o verdadeiro espírito do samba-rock com sua guitarra distinta. Regis teve a oportunidade de desfrutar connosco o renascimento da sua música e novas colaborações foram planeadas. Hoje não é mais possível. Uma bela alma se foi. Tão generoso que nos deixou curtir a trilha sonora de nossas vidas; estes são os Grilos da Vida.

Isenção de responsabilidade: as imagens mostradas são apenas para fins ilustrativos e de maquete e podem não ser uma representação exata do produto.
Ver informações completas